Cherry Ramona: banda participa de concurso da EDP Live Bands para tocar em Portugal


A banda Cherry Ramona de Criciúma/SC está participando do concurso realizado pela EDP Live Bands para concorrer a tocar no festival NOS Alive'19 na cidade de Lisboa em Portugal, junto de bandas como The Cure, Vampire Weekend e The Smashing Pumpkin. Além de ganhar a gravação de um álbum completo para divulgarem ainda mais o Rock N' Roll brasileiro mundo afora.


https://www.youtube.com/watch?v=ctZm08JKheA


Clique no link https://edplivebands.edp.com/brasil/banda/banda-cherry-ramona para ajudar a Cherry Ramona a realizar esse sonho e a levantar a bandeira do Rock N' Roll nacional em um dos festivais mais importantes da Europa.

Links Relacionados:
https://www.facebook.com/bandacherryramona/

https://www.instagram.com/bandacherryramona/

Fonte: MK Assessoria


AlkanzA: assista agora o videoclipe de "Desistir? Jamais!"

Na sexta-feira (8) a AlkanzA deu mais um passo na divulgação do seu novo disco, "Caos Codificado", lançando o videoclipe da faixa "Desistir? Jamais!" que está presente no disco e também, é uma das mais elogiadas do novo registro.



Com um cenário típico de pura destruição, a música escolhida pelos catarinenses da AlkanzA casou perfeitamente com o visual apresentado no videoclipe. Gravação foi sob a responsabilidade da Karakol Filmes e a AlkanzA fez questão de estampar ao final do vídeo todos que apoiam a banda como: Califórnia Studios, R.Nandi Guitars, MK Press, Agosto Negro Produções e Orland Studios.


O videoclipe é o terceiro registro oficial em vídeo lançado pela AlkanzA, "Brasil" em 2016, "Em Coma" em 2018 e agora a forte faixa "Desistir? Jamais!" que marca mais um passo do ciclo "Caos Codificado".


ASSISTA AGORA DESISTIR? JAMAIS!




Links Relacionados:

Rafael Rassan: guitarrista das bandas Imago Mortis e Affront, fecha assessoria do seu projeto solo com a 'MK Press'

A MK Press acaba de anunciar um novo artista em seu cast, trata-se do guitarrista e compositor, Rafael Rassan.



Rafael Rassan é um músico gaúcho, artista multi-instrumentista, guitarrista, cantor, compositor e interprete, residindo a 20 anos na capital carioca, onde se formou em Música pela UFRJ, tendo atuado em corais sinfônicos e de música de câmera. 

Embora sua formação acadêmica como instrumentista e cantor, seja ao violão, guitarra, contrabaixo e teclado, sua vivência acadêmica e musical possibilitou ampliar horizontes para além do Rock pesado, buscando assim, influências do MPB, Jazz, Pop e na Música Erudita. 

O músico na altura de seus 44 anos, Rassan como é costumado ser chamado, possui ao longo de sua carreira incursões por dezenas de estilos e gêneros populares e clássicos, graças também a sua vivência como músico acompanhante e também freelancer. 

Já como compositor tem mais de cem obras registradas, entre canções populares, quartetos, duos, trios, corais, trilhas e algumas peças sinfônicas. Em sua carreira, foi integrante dos grupos Limusine Negra (Pop nacional), Unissonus (Metal Melódico), Ainur (Black Metal), Corda'O Vento (Instrumental), Trio Cordame (Instrumental) entre outros artistas e projetos.

Atualmente é guitarrista e compositor do Imago Mortis e do Affront, bandas ao qual tem gravado e excursionado pelo Brasil afora. 

Links Relacionados: 

Metal Etílico: ouça agora mesmo o programa #101

O Metal Etílico chega a marca de #101 edições com renovação em suas vinhetas e fundo musical sem perder sua essência. Wendell Pivetta comanda o episódio com novas bandas no set, Maykon Kjellin com a dica do 'Subsolo alçando a Alkanza. Diego Lopes ofertando na playlist suas referências musicais com direito a dica para o carnaval e a dama Danie Caetano degustando novos projetos da cena de São Paulo.



"Desde minha volta para o rádio com o primeiro episódio do programa não me sentia tão bem entusiasmado para fazer a festa Etílica. A edição é renovadora, empolga o público e trás a nova roupagem do podcast que agora não é mais só um jovem cervejeiro no microfone, mas sim nove amantes da boa música e da cerveja gelada. Bem vindo ouvinte, este é o programa #101 para você!" finda Wendell Pivetta.

FICHA TÉCNICA METAL ETÍLICO EPISÓDIO 101
produzido e apresentado por: Wendell Pivetta

equipe Metal Etílico:
Maykon Kjellin
Danie Caetano
Diego Lopes

Fotografia:
Mariana da Luz


Episódio transmitido originalmente em: domingo, 3 Março 2018 / METAL ETÍLICO é transmitido todo domingo às 22:00 na Rádio Mutante (www.mutanteradio.com).

AlkanzA: divulgado a música e suas curiosidades do novo videoclipe

AlkanzA anunciou recentemente que na próxima sexta-feira (8), a banda divulgará um novo videoclipe que pertence ao disco "Caos Codificado".




O disco "Caos Codificado" ainda segue sendo muito bem falado na mídia especializada do Metal e também pelo público da música extrema sedenta por novas obras. Para um amante do Metal, o "Caos Codificado" é um prato cheio. Brutal, agressivo, groovado e com ótimas técnicas apresentadas pela formação atual, que cooperou no novo disco como um verdadeiro time.

Renato Lopes, guitarrista da AlkanzA, comentou sobre a música escolhida: "A música do clipe será a "Desistir? Jamais!" e por coincidência foi a última música composta do disco. A ideia da AlkanzA era de lançar uma versão do Sepultura como bonustrack, mas com todo esses rolos entre o Max e o Sepultura, procuramos não arrumar problemas futuros. Como o álbum já estava pago as dez faixas, o nosso produtor Juninho (Orland), sugeriu que devolveria a parte de uma música e fecharíamos o disco em nove, porém, eu fui contra isso. Pedi ao Orland uns dias para apresentar a nova música, até que entreguei a composição que mais tarde se chamaria Desistir? Jamais!"

Sobre o motivo de escolher a última música que ganhou vida no disco e estava até então, fora dos planos, Renato Lopes comenta: "Após gravar a música, até então era a 'ovelha negra' do disco e ainda por eu acreditar que a música era muito boa, naturalmente ela foi ganhando o respeito e caindo nas graças da banda toda. Quando o Thiago (vocal/baixo) começou a gostar da música e até foi ele quem escolheu o nome e para minha surpresa, ele disse que a música teria que ser a do videoclipe, que até então tínhamos plano de gravar alguma, mas não a qual em especifico. Em comum, vemos muito potencial nela, por ser uma música agressiva e com uma letra expressiva, acreditamos que ela vai cair como luva nessa fase de divulgação, sendo a faixa do videoclipe."

O videoclipe de "Desistir? Jamais!" será lançado nesta sexta-feira (8) no canal oficial no YouTube da AlkanzA, caso ainda não é inscrito do canal, inscreva-se agora: https://www.youtube.com/channel/UCLrQOhV8-iqoSUvOWVlwlfw

Kito Vallim (Metal, SP)



Kito Vallim é um vocalista, baixista, tecladista e compositor, natural de São Paulo/SP. O músico vem trilhando uma brilhante carreira no cenário nacional e está conquistando mais destaque a cada trabalho lançado e shows realizados. 

A trajetória do multi-instrumentista Kito Vallim iniciou-se em sua adolescência, quando decidiu montar sua primeira banda para tocar covers com amigos da escola. Como estava faltando um vocalista, Kito decidiu assumir os vocais, iniciando, assim, os estudos de canto e teclado aos 15 anos e baixo aos 17.

Já mais maduro, Kito começou sua primeira banda profissional 'The Apple' onde tocavam covers de Hard Rock nas noites de São Paulo,contudo a banda acabou se desfazendo,  mas sua necessidade de expressar sua criatividade e a vontade de escrever suas próprias músicas,  o fez fundar o Final Disaster em 2013 e quase que em seguida, ele foi convidado para assumir os baixos na banda HellArise, onde a Fernanda Lira (Nervosa) já ocupou o cargo de baixista.

Kito estudou canto com Edu Falaschi (Almah, Edu Falaschi, ex Angra e Symbols) e recebeu um convite do mesmo para participar dos backing vocals das músicas Cannibals In Suits e Wings Of Revolution do álbum 'Unfold' do Almah.

Com o Final Disaster, Kito lançou os singles 'Another Victim' (2014) e 'Finis Hominis' (2015) e também lançou um EP 'The Darkest Path (2017).

Já com a HellArise, o músico lançou o EP 'Functional Disorder' (2013) e os singles 'Darkened Flames' (2015), 'Shaded Land' (2015) e 'Human Disgrace' (2016).

Kito tocou em grandes festivais no cenário nacional, como o Otacílio Rock Festival em Santa Catarina, Maldita Fest em São Paulo e o tributo ao vocalista Warrel Dane que reuniu grandes nomes importantes do cenário brasileiro.

O músico ainda participou das gravações do single 'Meaning Of Pain' (2018) do Unheld.

Em 2018 o músico recebeu um convite para participar como vocalista e compositor do projeto Black Crow Feather que conta com nomes do cenário nacional e internacional.


Links relacionados: 

https://www.instagram.com/kitovallim/

https://www.facebook.com/kito.vallim

AlkanzA: videoclipe pertencente ao ciclo "Caos Codificado" já tem data de lançamento

O AlkanzA recentemente lançou o novo disco intitulado "Caos Codificado" e sem dar tempo do público respirar, anunciam oficialmente o lançamento de um videoclipe de uma das faixas do disco.



A empresa responsável pelo videoclipe da AlkanzA, será a Karacol Filmes, que é uma empresa focada e profissionalizada em produzir vídeos para web, institucionais, eventos, marcas, animações 2d e clipes em geral.

Sobre o ciclo do "Caos Codificado" o vocalista e baixista, Thiago Bonazza comenta:

"Esse ciclo marca a continuação de um trabalho e também uma nova fase da banda, com novos objetivos a serem alcançados junto ao álbum "Caos Codificado". 
É um ciclo de muito trabalho, empenho e dedicação de todos os membros da banda e isso se reflete no álbum e será visto no clipe. Sempre buscamos a evolução interna e não competição externa. Portanto, fazemos tudo com dedicação por fato de que o publico merece nosso melhor e achamos que estamos conseguindo evoluir. Mas, temos muito a aprender ainda, e ai esta a motivação. Mas não ser melhor que os outros, mas melhores que fomos ontem e piores do que queremos ser no amanhã."

O videoclipe já tem data e horário para o lançamento, sexta-feira (01) às 19h horário de Brasília e dizem as más línguas que é apenas o começo das surpresas que o "Caos Codificado" nos reserva para este ano e por falar em surpresas, qual será a música do clipe?

Links Relacionados:

Black Crow Feather (Epic Melodic Death Metal, SP/MG)


A ideia de criar o Black Crow Feather surgiu após o guitarrista, vocalista e compositor Caio Botrel deixar a banda Final Disaster no início de 2016. Após dois anos pensando em como o projeto poderia ser realizado, finalmente em maio de 2018 tudo começou a tomar forma quando o vocalista, baixista e tecladista Kito Vallim (Final Disaster/HellArise), o baterista Kiko Ciociola (Aneurose/Cello's In Musica) se uniram ao projeto e posteriormente em fevereiro de 2019 o guitarrista e vocalista Raphael Wagner (Aneurose) se uniu aos músicos para completar o line-up. 

O Black Crow Feather tem como intenção escrever músicas com diferentes influências  e com convidados de bandas do cenário nacional e internacional para interpretarem suas músicas. 

A ideia é criar um trabalho memorável, épico e sem limites à criatividade. 





Cherry Ramona (Rock n' Roll, SC)

Nenhuma descrição de foto disponível.

A origem da banda é uma incógnita, sabe-se apenas que Naldo Arraes deu inicio a aventura de encontrar os integrantes e montar a banda a partir de uma convocação feita por uma “entidade secreta”, sua empresária, a “RAMONA”. A partir deste momento, muita coisa aconteceu até o dia 04 de Agosto de 2015, onde uma banda com o nome de Cherry Ramona fez um primeiro show, tendo a participação da Comunidade Nin-Jitsu, enquanto isso, a verdadeira formação estava em treinamento psicológico para enfrentar o que estava por vir. Depois de uma lavagem cerebral, a banda original, deu inicio a caminhada juntos onde o fim é uma incógnita.

Nos dias atuais a Cherry Ramona é conhecida pelo seu carisma e pelo Rock 'n Roll praticado nos palcos do Brasil inteiro, ainda mais após sua recente tour pelo sul do Brasil onde passaram por mais de 20 cidades em 30 dias (de janeiro à fevereiro de 2019) e foram shows, luaus, festivais e eventos particulares.

Seu primeiro disco "Soco na Bixiga" lançado em 2015, teve participação do eterno vocalista do Comunidade Nin-Jitsu, Mano Changes na faixa "Mulher Gato" e recentemente a faixa "Verão do Sul" ganhou um videoclipe gravado pelo Genuíno Films e produzido pela própria banda junto do José Genuíno. 


Atualmente a Cherry Ramona se prepara para lançar novos materiais, confirmação de novos singles para surgir e possivelmente um EP ou um disco futuramente está nos planos. Mas, por enquanto a banda está focada em sua agenda que sempre conta com bons shows sempre em locais de boa estrutura pelo estado de Santa Catarina e arredores do sul do Brasil.

Dark New Farm (New Metal, SC)


O que acontece quando juntam um vocalista de uma antiga banda de Death Metal, um trio de cordas com passagens por bandas de Groove Metal e um baterista com anos de experiência em Rock n’Roll? 

Você pode pensar em várias possibilidades, mas a alternativa correta dessa fusão foi uma banda com os melhores e mais pesados elementos do New Metal, e o nome dessa mistura é Dark New Farm, a primeira banda de Metal de Nova Fazenda/SC.

O projeto começou com o reencontro do  vocalista Luiz Harley com o baixista Fabiano Hamed, que foi base para a estruturação da ideia de formar uma banda seguindo o gênero que alguns podem dizer que está quase esquecido. O ex-vocalista da Evil Returns e o ex-baixista da Alkanza decidiram
levar o plano adiante quando foram em busca dos demais músicos que iriam compor o time.

Para a bateria, o ex-Doctor Jimmy Maykon Kjellin foi recrutado, e aceitou o convite, mesmo mergulhando em um gênero distante do que estava acostumado a tocar. Para a primeira guitarra, o jovem Sol Portella, com passagens pela Invoque, foi convidado, e logo assumiu o posto de principal compositor da banda. Tempos depois, sentindo necessidade de mais peso e consistência na base sonora da banda, foi a vez de completarem de vez o time com uma segunda guitarra, sendo essa vaga assumida por Vinicius Saints, que tocou com Sol na Invoque.

No final de 2018, o até então baixista da banda, Fabiano Hamed anunciou seu desligamento do projeto, ocorrendo assim a mudança de função de Vinicius Saints, agora como baixista. A inserção de um novo guitarrista ainda é uma incógnita, podendo vir (ou não) a ocorrer sem previsão. Com pouco tempo de formação, o entrosamento musical e afinidade pessoal entre os músicos é o principal combustível para a sequência do trabalho que já está encaminhado para grandes destinos. om uma quantidade significativa de shows já acumulados e outros já marcados, a Dark New Farm vai a cada apresentação dando mais a sua cara ao deixar seus tributos a KoRn, Sepultura, Soulfly e Alkanza de lado para dar espaço a suas composições próprias, como as já divulgadas “La Patria! La Fábula!”, “Madre” e “L.O.V.E”. Junto dessas três canções, a banda tem pretensões de lançar um EP em 2019, com um total de seis faixas, sem deixar o gênero limitar a banda, pois mesmo pertencendo ao nicho do New Metal, a intenção da Dark New Farm é apresentar o melhor que cada influência pessoal dos membros da banda pode acrescentar na identidade musical do grupo.

A pacata cidade de Nova Fazenda/SC jamais poderia imaginar que dali nasceria uma banda de New Metal. Aliás, o gênero, quase esquecido na região Sul de Santa Catarina, nunca foi muito popular, mas alguns músicos de Laguna e Imbituba sabiam que seria só alguma banda dar o pontapé inicial que muitos iriam despertar uma admiração por um dos gêneros menos unânimes e ao mesmo tempo
um dos mais populares do Metal.

Apostando nisso nasceu a Dark New Farm, que hoje mantém boa parte de sua formação original, integrada por Luiz Harley no vocal principal, Sol Portella na guitarra e vocal complementar e Maykon Kjellin na bateria. Vinicius Saints entrou quando a máquina agrícola da sombria Nova Fazenda já havia dado partida, mas, após um período tocando guitarra na banda, passou a ser o baixista do grupo em 2019. A Dark New Farm tem diversas influências e inspirações nacionais e internacionais, mas sua sonoridade é bastante peculiar e é inspirada em suas próprias alucinações musicais que o grupo tende a se nortear. Não há limites para as criações da banda, e muito menos medo de afrontar com temas que ainda são delicados para alguns, e uma vez que a máquina despertou a ignição ela não há de parar, e em breve estará de frente para você. 

AlkanzA (Thrash Metal, SC)

Banda de Tubarão / SC, em atividade desde novembro de 2013. Toca um Thrash Metal com muito Groove, letras acidas e riffs marcantes.



AlkanzA foi criado e sempre liderado pelo baixista e vocalista, Thiago Bonazza, que com um sangue forte e como um líder nato, sempre ocupou todas as lacunas que era requisitado, assumindo guitarras na falta de guitarrista e voltando para o baixo quando necessário, agora, oficialmente está no baixo e nos vocais, e o sangue nos olhos é coisa de outro mundo.

Com uma formação sólida, AlkanzA iniciou 2018 com novos membros, Pedro Victor e Renato Lopes assumiram oficialmente as guitarras e em 2019 anunciaram Renê Mosquito como o baterista que integraria a formação a partir deste momento. 

AlkanzA tem em seu currículo um EP "Destroyed the System" lançado em 2014, os discos "Colonizado pelo Sistema" lançado em 2015, "O Céu da Boca do Inferno" lançado em 2017 e agora o recente lançamento de "Caos Codificado" de 2019.

Mesmo focados em divulgar o recente disco "Caos Codificado", seus antigos trabalhos ainda são muito comentados positivamente pela crítica especializada. Atualmente o AlkanzA está focada na sua agenda, marcando shows em divulgação do "Caos Codificado".

Links Relacionados:

 
Copyright © 2013 MK Assessoria